Contos Natal



Contos Natal Biblioteca De Ver O JN , Autores Portugueses E Estrangeiros IntemporaisO Suave Milagre, De E A De Queir SMissa Do Galo, De Machado De Assis O Presente Dos Magos, De O HenryA Consoada, De Carlos Malheiro Dias A Rvore De Natal, De Fyodor Dostoyevsky

10 thoughts on “Contos Natal

  1. says:

    O Suave Milagre de E a de Queiroz 4 Missa do Galo de Machado de Assis 4 O Presente dos Magos de O.Henry 3,5 A Consoada de Carlos Malheiro Dias 2 A rvore de Natal do Fiodor Dostoi vski 5

  2. says:

    Um livrinho min sculo 60 p ginas num formato que cabe na palma da m o que inclui cinco pequenos contos n o redund ncia, s o realmente curtinhos mesmo considerando que s o contosO Suave MilagreE a de Queir s 2 Jesus, os ricos, os poderosos, os pobres, os doentinhos e as criancinhas A prosa sem d vida bonita mas tudo o resto clich Fiquei desiludida porque de E a espero sempre alguma irrever ncia ou, pelo menos, alguma originalidadeMissa do GaloMachado de Assis 4 Um livrinho min sculo 60 p ginas num formato que cabe na palma da m o que inclui cinco pequenos contos n o redund ncia, s o realmente curtinhos mesmo considerando que s o contosO Suave MilagreE a de Queir s 2 Jesus, os ricos, os poderosos, os pobres, os doentinhos e as criancinhas A prosa sem d vida bonita mas tudo o resto clich Fiquei desiludida porque de E a espero sempre alguma irrever ncia ou, pelo menos, alguma originalidadeMissa do GaloMachado de Assis 4 Come a assimNunca pude entender a conversa que tive com uma senhora, h muitos anos, contava eu dezassete, ela trinta Era noite de Natal Formalmente, talvez o conto melhor conseguido A ambiguidade e a tens o s o criadas e exploradas com enorme mestria Gostei muito porque me deixou a pensarO Presente dos MagosO Henry 5 O meu preferido porque me emocionou Lembrei me de um verso de uma can o de que gosto muitoI get a little warm in my heart when I think of winterE ler este conto aqueceu me o cora oA ConsoadaCarlos Malheiro Dias 2 Agridoce, mas n o me surpreendeu Na verdade n o me disse grande coisaA rvore de NatalFyodor Dostoyevsky 3H dias assisti a um casamento Mas n o Hoje prefiro falar vos da rvore de Natal Este in cio d o tom para o conto inc modo e c nico No final, a frase derradeira sublinha o esp rito view spoiler Este conto o esp rito anti natal cio do conjunto mas, na minha opini o, peca pela previsibilidade hide spoiler

  3. says:

    Contos n o t o natalicios quanto esperava Todos interessantes mas o do O Henry completamente arrebatador a todos os niveis, talvez O conto desta Biblioteca.

  4. says:

    O Suave Milagre, de E a de Queir s all and all boring it s about Jesus and this kid that wanted to meet him and he appears Missa do Galo, de Machado de Assis nice story about a man that had a very nice conversation with a woman that he never saw again O Presente dos Magos, de O Henry very ironic story about Christmas gifts About a couple that sacrificed themselves in order to get a git for one another and at the end the gifts were not suitable any A consoada, de Carlos Malheiro Di O Suave Milagre, de E a de Queir s all and all boring it s about Jesus and this kid that wanted to meet him and he appears Missa do Galo, de Machado de Assis nice story about a man that had a very nice conversation with a woman that he never saw again O Presente dos Magos, de O Henry very ironic story about Christmas gifts About a couple that sacrificed themselves in order to get a git for one another and at the end the gifts were not suitable any A consoada, de Carlos Malheiro Dias sweet story about a dad that got robbed and nearly died but kept the golden rings for his daughter in his closed hand A rvore de Natal, de Fyodor Dostoyevsky not so jolly Christmas story about a girl that was forced to marry a rich fat pig

  5. says:

    Abordando a tem tica do milagre divino, o nascimento de cristo, as conversas e di logos entre pessoas conhecidas e desconhecidas que antecedem s missas do galo e a desapropria o de bens materiais em detrimento do outro, a obra reflecte da import ncia de pensar no outro da mesma forma como pensamos em n s Recorrendo a uma descri o fidedigna dos espa os e acontecimentos, os contos integram o leitor na narrativa e faz no sentir parte da hist ria como mero espectador As narrativas fazem o leito Abordando a tem tica do milagre divino, o nascimento de cristo, as conversas e di logos entre pessoas conhecidas e desconhecidas que antecedem s missas do galo e a desapropria o de bens materiais em detrimento do outro, a obra reflecte da import ncia de pensar no outro da mesma forma como pensamos em n s Recorrendo a uma descri o fidedigna dos espa os e acontecimentos, os contos integram o leitor na narrativa e faz no sentir parte da hist ria como mero espectador As narrativas fazem o leitor entrar no esp rito natal cio e exploram igualmente a estratifica o da sociedade e a desvaloriza o de uns face aos outros Trata se de uma obra leve e de f cil leitura para uma tarde de descontrac o Recomendo Vivamente

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *